dicas

Resenha - Onde deixarei meu coração

15:14:00

Olá, amores. Hoje é dia de resenha, ebaaa!! E o livro da vez é "Onde deixarei meu coração" de Sarra Manning.

Título: Onde deixarei meu coração
Título original: Nobody's Girl
Ano: 2014
Editora: Galera Record
Autora: Sarra Manning
Gênero: Young Adult
Número de páginas: 336
Nota: 

Sinopse: Bea acredita que é a mais entediante adolescente do mundo. Aos 17 anos, não é popular, engraçada ou bonita. A única coisa interessante em sua vida é o pai, que a abandonou mesmo antes de ela nascer e agora vive em Paris. Bea recebe um convite para passar as férias em Málaga e com um bônus: pode se afastar da mãe irritante e controladora. Porém, depois de apenas 48 horas na Espanha, ela se flagra mudando o itinerário. Ansiando pela vida parisiense a cada momento de sua apagada existência, ela acaba na cidade luz, à procura do pai que nunca conheceu. No caminho, conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa e, em vez de achar o pai pelos cafés e boulevards de Paris, ela acaba perdendo um pouco a cabeça. Mas pode encontrar muito mais do que desejava. Pode encontrar a si própria.

OBS: a sinopse é de acordo com a publicada no site da Saraiva :)



Um dia comum, como todos os outros, entre uma aula e outra, eu vi uma menina da minha sala lendo esse livro. Achei a capa *superfofa* e resolvi ler um pouco sobre o que se tratava o livro. Amei a sinopse e já fui procurá-lo na Saraiva. Eu não encontrava esse livro de jeito nenhum! SÉRIO! Pedi até a moça que trabalhava lá para me ajudar a encontrar. Encontrei, comprei e fui devorá-lo rs.



A personagem principal se chama Bea, tem 17 anos e é filha de mãe solteira. Seu pai abandonou a mãe logo após saber sobre a gravidez. Ela cresceu sem o pai, mas sempre teve vontade de conhecê-lo. Sua mãe é super controladora e meio careta. Mas no fundo ela só quer proteger sua filhinha. Não quer que Bea tenha o mesmo destino da mesma. Uma gravidez inusitada no auge da sua adolescência e ser mãe solteira.

Bea tem poucos amigos e não se acha nem um pouco bonita ou interessante. Sua vida dá uma reviravolta, quando ela começa a andar com um grupinho de meninas populares do colégio. Até que um dia elas resolvem passar férias em Málaga. E Bea, claro, não perde a oportunidade de se "livrar" um pouco do controle de sua mãe. 

O itinerário de sua viagem muda, quando acontece uns probleminhas com suas "amigas". Então, ela decide ir até Paris em busca do tão esperado reencontro com o seu pai. Mas no meio do caminho esbarra em um grupo de mochileiros. Eles acabam virando amigas de Bea. E Toph, um dos meninos do grupo, se torna mais especial para a menina. 

Meu ponto de vista sobre o livro
Ao longo do livro podemos ver o crescimento de Bea. Não fisicamente (nem dá pra ser física por estamos no mundo literário, mas vocês entenderam, né? kkkk), mas em questão de atitudes que são tomadas. Bea se torna mais madura e suas atitudes não são tão questionáveis.
                          

É um livro beeeem clichê, mas eu amo clichês rs. É um romance jovem, afinal. Mas é um romance fofo. A autora faz questão de dar todos os detalhes da construção do relacionamento entre os personagens. E também sobre a cidade da luz. É simplesmente incrível a narração. 

Assim, se você não curte histórias clichês, eu não aconselho a comprar. Mas se você gosta, não irá se arrepender. A história é leve, sabe? Não é aquela coisa maçante e isso torna-se mais uma qualidade da bela narrativa de Sarra Manning.

É isso, galera! Espero que tenham gostado da resenha... Se vocês já leram deixem aí nos comentários o que acharam. E se não leram, vão ler! hahahaha

Xoxo,


You Might Also Like

10 comentários

  1. Oi Fernanda,
    Já tinha visto a capa desse livro, mas não sabia do que se tratava a história.
    Gostei muito da premissa e como adoro um bom clichê, com certeza irei conferir.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéssica!
      Então, eu amei demais essa capa e já fui correndo pesquisar sobre. A capa do original não chega nem aos pés dessa.
      Quem não gosta de clichê, né? Adoro mergulhar no universo da personagem e fiz muito isso nesse livro. Acho que você vai gostar! Depois me falar o que achou.
      Beijinhos,
      Fê.

      Excluir
  2. Olá Fernanda, tudo bem?
    Eu também teria me apaixonado pela capa, hahaha.
    Eu gosto de histórias clichês, acho que tem certas horas que um livro simples e leve cai muito bem.
    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Esther.
      Tudo ótimo e você?
      Ahhhh, sem dúvidas. Quem não gosta de clichês, né? hahhaha
      Você já leu?
      Beijos,
      Fê.

      PS: Estou seguindo seu blog! :)

      Excluir
  3. O que falar? Cliches são uma deliciiinha, sempre com esse crescimento/ amadurecimento das protagonistas e um romance bem gostosinho... A capa é realmente fofa, mas esperava um pouco mais da história sabe? De acordo com a capa, claro kkkk. Mesmo assim, quem sabe quando estiver mais livre, dê uma chance para essa leitura!
    Beijos!
    Blog Insaturada

    ResponderExcluir