dicas

Jogando com o Acaso - Carta

23:48:00

Hey, gente! Hoje vim postar pra vocês uma parte da nossa fanfic que está disponível no Wattpad e no Spirit Fanfic. É uma carta que o personagem principal escreve para a personagem principal. Espero que gostem e se interessem por ler a fanfic toda. Ela chegou ao fim já, mas terá continuação (Eba!). 




Querida Soph,
Primeiramente, nunca achei que escreveria uma carta, muito menos de amor.
 Era dia 27 de fevereiro, um dia normal. Até que eu esbarrei em uma menina no corredor da faculdade. Não era uma menina qualquer. Era você.  "Olha para onde anda!", você disse. Essa frase nunca saiu da minha cabeça. Naquele mesmo dia treinamos juntos, lembra? E com o passar dos dias, e dos treinos, nos tornamos cada vez mais amigos. Eu não queria admitir que você mexia comigo, até porque naquela época eu namorava. Mais tarde viemos a descobrir que minha namorada era sua melhor amiga e que só queria ferrar com você.
Você se lembra daquela nossa briga, na qual eu disse que não mudaria nada se você tivesse dito que era apaixonada por mim? Então, agora eu tenho a oportunidade de te dizer a verdade. Teria mudado sim. E aí é que tá: desde que te conheci, algo dentro de mim dizia que você bagunçaria a minha vida e viraria ela de cabeça para baixo. Mas eu não queria ter que aceitar isso, então eu simplesmente menti. Eu também tinha a certeza que você era a pessoa certa para mim, mas talvez, como diz aquela música, "nossa história aconteceu no tempo errado".
O tempo foi passando e eu fui me permitindo aceitar aquilo que eu insistia em esconder. Eu estava apaixonado pela minha melhor amiga, no caso, você. E como eu descobri isso? Quando eu vi você beijando outro cara na minha frente. Nossa, você não tem ideia de como aquilo gerou uma raiva e um ódio dentro de mim. Como eu queria estar no lugar daquele cara! Até que certo dia eu tomei a decisão mais certa da minha vida. Terminei meu relacionamento. Não era justo o que eu estava fazendo. Nem com ela, mesmo que ela não valha um centavo, nem comigo. O motivo do término? Você. Sempre você. Mas isso eu já te disse.
    Entre brigas e desentendimentos, chegou o dia que minha vida se tornou mais feliz. O dia em que a gente começou a namorar. Não foi fofo e nem romântico. Dissemos muitas besteiras um para o outro, mas no fim tudo se ajeitou. Eu me declarei, fiz música para você, brigamos e brigamos, mas sempre voltamos para o lugar onde não deveríamos ter saído. Um do lado do outro, sempre.Chegando ao ponto onde eu queria: eu sei que você deve estar me odiando nesse momento. Provavelmente está sentada em algum canto do seu quarto, se escondendo do mundo, dizendo o quanto a vida é injusta (e olha,você não está errada!) e se perguntando o porquê de eu ter feito o que fiz. Do jeito que eu te conheço, posso afirmar que já está chorando só de ver a minha letra em um papel. Você não faz ideia de como é difícil escrever o que eu sinto e o quanto eu estou arrependido por não ter te contado sobre a minha possível partida.
Eu odeio despedidas e acho que você também, mas confesso que queria ter te dado um último abraço e ter dito que você somou muito na minha vida. Eu não conseguiria te ver pela última vez e não saber quando vou poder olhar nos seus olhos e admirar seu sorriso novamente. Mas, apesar de tudo, eu quero que saiba que você me fez um cara melhor do que eu achava que algum dia eu poderia ser. Com você eu podia ser apenas eu. Esse cara que tem medo de mostrar o que sente, mas que não precisa de palavras para demonstrar.
Eu só quero que seja muito feliz independente de eu estar a milhares de quilômetros de distância. Eu quero que você se lembre das coisas boas, dos momentos maravilhosos que passamos juntos, dos nossos abraços, dos nossos olhares, dos nossos sorrisos, dos nossos beijos e até das nossas brigas, que sempre terminavam da melhor forma possível: a gente se amando. Eu demorei muito tempo para perceber o quanto eu te amo e o quanto você é especial pra mim. Então eu só peço que você não cometa o mesmo erro que eu. Se você sentir que gosta ou ama alguém, fale. Não se prive de sentir algo por alguém por causa de mim. Eu quero que você se sinta livre pra viver. Pra amar.
Eu não posso dizer que nossa história acabou porque eu não tenho a menor certeza disso. Você sabe como a vida é, não sabe? Nós nunca vamos ter certeza de absolutamente nada. Mas eu te garanto que a única certeza que eu tenho é que eu sempre vou te amar, em qualquer lugar que eu esteja. E hoje eu posso dizer isso porque você me mostrou que todas as outras pessoas com quem eu namorei ou que eu conheci não chegaram nem aos pés do que você é.Eu ainda me assusto com o tamanho do amor que eu carrego comigo e que tem apenas um nome: Sophia. Não posso te culpar por estar magoada comigo. Eu deveria ter te contado que a gente poderia ter que se separar. Mas parece que enquanto eu escondia, eu me convencia de que o que a gente mais temia não iria acontecer.
Não esquece que eu vou sempre estar torcendo por você. Eu desejo de todo o meu coração que você possa conquistar os seus sonhos e ter uma família maravilhosa. Não sei quanto tempo vou ficar fora então não posso te prometer uma data ou nada do tipo. Eu nem sei se vamos nos encontrar algum dia.
O que posso dizer é que independente do que aconteça, eu vou te carregar sempre comigo, nem que seja apenas em minha memória e em meu coração. Posso conhecer vários lugares e muitas pessoas, mas nenhum lugar e nenhuma pessoa vai ser você. Não haverá ninguém como você, minha Docinho.
Aproveite tudo que a vida lhe oferecer e nunca deixe seu sorriso adormecer. O mundo precisa de gente como você, de sorrisos contagiantes como o seu e de corações enormes como o que mora em seu peito. Você é única e eu te amo exatamente por isso. Sim, eu te amo. E hoje eu posso dizer isso com toda certeza. Eu te amo. I love you.
Fique com Deus. E se a saudade bater, e eu sei que vai, leia essa carta novamente e devore cada pedacinho dela. Em cada letra, em cada palavra, em cada frase tem um pedacinho do amor que eu sinto. E eu te garanto que ele é bem maior que essa carta e o alfabeto inteiro. Isso não é um "goodbye", é um "See you soon".
PS: o dia 7 nunca será mais o mesmo. Sempre será o nosso dia. O dia em que eu percebi que te amava pela primeira vez.
Com todo amor do mundo do seu "idiota", "irritante", "chato" e "ridículo",
Rafe.

You Might Also Like

2 comentários